Notícias



ELPA participa do lançamento da Constituição em Miúdos em Ipatinga


Visualize fotos

Estivemos no Lançamento oficial da Constituição em Miúdos na Câmara de Ipatinga. Nossa diretora Madu Macedo recebeu uma homenagem especial, acompanhada por nosso presidente, Leandro Morais.

Confira a matéria produzida pela @camaraipatinga sobre o lançamento e nossa participação:

 

A Constituição da República Federativa do Brasil de 1988 é a lei fundamental e suprema do Brasil, servindo de parâmetro de validade para todas as demais leis do país.

Ela rege direitos básicos, como o direito de ir e vir, a igualdade entre homens e mulheres, a livre manifestação do pensamento, a liberdade religiosa, entre tantos outros direitos fundamentais vivenciados por todos nós no dia a dia.  

E com o propósito de difundir desde a infância os direitos fundamentais de toda e qualquer pessoa, a Câmara Municipal de Ipatinga lançou na tarde desta quinta-feira (27) o Projeto Constituição em Miúdos.

Fruto de uma parceria entre as Escolas dos Legislativos das Câmaras Municipais de Pouso Alegre e Ipatinga, o projeto vai levar aos alunos de 5º e 9º anos da rede municipal de ensino conhecimentos sobre a Constituição Federal de forma didática e acessível de forma permanente. 

E para implantar essa proposta em Ipatinga, com o apoio da Prefeitura Municipal, a Câmara Municipal convidou a idealizadora do projeto e educadora Madu Macedo, que veio de Pouso Alegre, sul de Minas, para explicar melhor como funciona o método de ensino da Constituição Federal nas escolas de ensino fundamental. 

Ela foi recebida nesta quinta-feira pelo presidente da Câmara de Ipatinga, vereador Jadson Heleno. Na parte da manhã, antes do lançamento oficial no Plenário da Câmara, ela participou, na Escola Municipal Artur Bernades, no bairro Canaã, de uma oficina de capacitação com mais de 50 coordenadores pedagógicos. 

A escritora fez questão de frisar que não tem como estudar a Constituição Federal estando alheio às noções de cidadania, direitos e deveres e democracia.

“Nossa missão é ajudar o estudante a perceber que ele é um ser político, que as aulas que ele assiste, a iluminação do bairro que mora, a merenda que come na escola são resultados de processos políticos. Assim sendo, quem não se envolve com política recebe os frutos dela sem poder opinar.”

Madu comparou a fiscalização política como a fiscalização de uma loja.

“Quem contrata um funcionário por 4 anos e o deixa à revelia? Então não podemos apenas votar e deixar de lado a política até a próxima eleição. Precisamos compreender, portanto, que políticos são custeados com dinheiro da sociedade e não podemos continuar não nos importando com o trabalho dos agentes públicos. Pelo contrário, devemos abastecê-los de informações e cobranças para que possam trabalhar por uma sociedade mais igualitária”.

Ela declarou que conhecer a Constituição é entender como a sociedade funciona. “Como vou participar, fiscalizar uma partida de xadrez se não sei como funciona o jogo? Ser cidadão é uma questão de inteligência, de educação”. 

A educadora explicou que o ensino da Constituição nas escolas não será por meio de uma disciplina específica.

“O ensino será dado em todas as matérias. Por exemplo, como estudar tributação? Dentro da matemática, no conteúdo de percentual. Se o pai do aluno abastece R$ 100 em gasolina, ele paga R$ 53 em impostos, ou seja, 53% é tributo”.  

E completa. “A professora de português pode também trazer um texto da lei e dizer o que é substantivo, adjetivo, número de orações e tantos outros recursos linguísticos”. 

O projeto Constituição em Miúdos foi muito elogiado por todos os presentes no evento de lançamento.

O presidente Jadson Heleno, ao abrir a solenidade, explicou como conheceu a ideia. 

“Em uma viagem a Brasília, para acertar uma parceria com a Associação Brasileira de Escolas do Legislativo, me informaram sobre o Constituição em Miúdos. Uma tal de Madu Macedo, lá da cidade de Pouso Alegre. Naquele momento vi que era preciso investir na cidadania de nossas crianças e adolescentes”. 

Após marcar uma visita ao município de Pouso Alegre, diz, ficou decido trazer a ideia para Ipatinga.

“Quando a conheci [Madu], fiquei ainda mais encantado. O projeto não é apenas dar a Constituição para ler. Vai muito além disso, como ela bem explicou. O projeto prevê a realização de gincanas e várias outras atividades que geram uma mobilização da comunidade escolar. E esse é apenas o primeiro passo de uma longa jornada”, disse ele se referindo a implantação permanente do ensino da Constituição em Miúdos nas escolas. 

João Franklin Virtuoso, presidente da OAB de Ipatinga, elogiou a iniciativa. 

“Passar para o aluno noções da Constituição, como disse o presidente, é muito importante, pois infelizmente muitos não a conhecem. Sabemos que a educação é a chave para o desenvolvimento social”.

Já Fábio Finotti, promotor de Justiça, ao enaltecer a importância no ensino da Constituição, compartilhou sua experiência pessoal. 

“Quando aceitei o desafio de ser professor constitucional em uma faculdade da região, percebi as dificuldades em traduzir e ensinar o conteúdo aos estudantes universitários, adultos. Tive a oportunidade também de tentar traduzir numa linguagem clara o papel do Ministério Público a crianças de uma escola infantil onde meu filho estudava. Se os adultos já possuem dificuldades, conseguir traduzir conceitos da Constituição para crianças merece todo nosso apoio”. 

O prefeito Nardyello Rocha disse que o governo municipal dará todo o apoio necessário, por meio da Secretaria de Educação, ao projeto e enalteceu a capacitação técnica dos educadores do município.

“Não tenho dúvida do sucesso desse projeto educacional. Porque projetos como esse só funcionam e prosperam se tiver um corpo técnico de educação qualificado e, acima de tudo, comprometido. E posso garantir a você, Madu. Ipatinga tem os melhores educadores do país”. 

A fala do prefeito Nardyello foi seguida por uma apresentação em homenagem a Madu Macedo com trechos de um texto do escritor Rubem Alves, chamado “Sobre Simplicidade e Sabedoria”.

Em seguida, ela recebeu uma placa de agradecimento das mãos do presidente da Câmara e da secretária de educação, Eva Silva, com os seguintes dizeres:

“Qual a sua obra, amiga e educadora Madu Macedo?  Vamos nos lembrar deste dia como um marco histórico do pensamento coletivo em Ipatinga, a favor da cidadania, da ética e da educação. Nós, da Câmara Municipal, manifestamos nossa gratidão, carinho e apreço pela sua presença, que muito nos honra nesta data. Em resposta à indagação feita, certa vez, pelo professor e filósofo Mário Cortella, afirmamos o seguinte: A obra passa a ser um compromisso fidedigno daqueles que caminham a passos largos por uma sociedade igual, fraterna e com espírito de justiça”. 

http://camaraipatinga.mg.gov.br/…/camara-da-pontape-inicial…




Publicado em: 28 de junho de 2019

Publicado por: Escola

Cadastre-se e receba notícias em seu email

Categoria: Notícias da Escola do Legislativo

Fique por dentro

Outras Notícias

Elpa realiza homenagem aos grandes campeões da Gincana do Saber Mirim

19 de dezembro de 2019

  Como forma de agradecer pelo empenho e incentivar ainda mais a busca pelo conhecimento entorno da educação cidadã, a Escola do Legislativo de Pouso Alegre realizou a entrega de moções de reconhecimento aos alunos Cauã dos Santos Prado e Estheffany Funchal dos Santos e ao professor Jonathan Gar...

Leia Mais



São Gonçalo, a maior cidade do Rio de Janeiro, instituiu o estudo da Constituição em Miúdos

13 de dezembro de 2019

São Gonçalo – RJ, com mais de 1,7 milhões de habitantes, instituiu o estudo da Constituição em Miúdos por meio da Lei 1037/2019 de autoria do Vereador Salvador Soares. A equipe da Escola do Legislativo recebeu a notícia do embaixador da Constituição em Miúdos no estado do Rio de Janeiro, André Al...

Leia Mais



Elpa encerra projeto Cidadão Global

06 de dezembro de 2019

A Escola do Legislativo de Pouso Alegre finalizou, nesta quarta-feira, 4 de dezembro, o curso de inglês do Projeto Cidadão Global, voltado para alunos do ensino fundamental II de escolas públicas. Ministrado ao longo do ano pelo professor Luciano Alves de Lima e monitorado por Gabriel Canjani, o...

Leia Mais



Elpa realiza encerramento da Câmara Mirim, Jovem e Universitária

29 de novembro de 2019

Após dois anos de mandato, os vereadores mirins e jovens se despediram da Escola do Legislativo de Pouso Alegre em grande estilo. Foram muitas dinâmicas, debates entorno de temas importantes, despertar da cidadania e, acima de tudo, muito aprendizado.A despedida teve início com uma dinâmica diver...

Leia Mais



Diretora da Escola do Legislativo de PA é homenageada em evento da Unale

25 de novembro de 2019

Por meio de um discurso lúdico feito pela contadora de histórias e diretora da Escola do Legislativo de Marabá, Gabriela Silva, a diretora da Escola do Legislativo de Pouso Alegre, Madu Macedo foi homenageada por conta da contribuição que oferece a favor da cidadania em todo o Brasil. O discur...

Leia Mais



Escola do Legislativo lança " Maria da Penha em Miúdos"

21 de novembro de 2019

  Depois de ganhar o Brasil com a "Constituição em Miúdos", a escola do legislativo de Pouso Alegre lança o livro "Maria da Penha em Miúdos", escrita pela diretora Madu Macedo e publicada pelo Senado Federal. Aguardado por cidades de todo o Brasil, o livro foi lançado na tarde desta quarta-fe...

Leia Mais