Notícias



Prefeitura doa antiga bandeira de Pouso Alegre ao Museu


Visualize fotos

No dia 19 de novembro, o Museu Tuany Toledo recebeu da Prefeitura de Pouso Alegre a doação de uma antiga bandeira do Município, por intermédio do assessor de Gabinete Maurício Boschi.

Esse modelo foi oficializado pela Lei nº 1.253, de 27 de agosto de 1973, e utilizado até o ano de 1976, quando a Lei nº 1.545 instituiu a nova bandeira, utilizada até os dias de hoje.

Conheça o significado brasão:

"Escudo encimado pela coroa mural, em ouro. Campo bipartido pelo rio Mandu, representado em azul, simbolizando a origem da cidade e de seu primeiro nome: a parte superior do campo, tripartida, tendo duas secções amarela e verde, representando o Selo Pátrio. A parte inferior, cinza claro azulado, significa o pouso em noite enluarada e alegre, que deu o nome de Pouso Alegre. As duas faixas negras, marginadas de vermelho, representam o cruzamento rodoviário asfáltico da da "Fernão Dias" e "Juscelino Kubitschek", que colocou a Comuna em situação privilegiada, em frente aos demais Municípios sul-mineiros, relativamente aos grandes centros sociais. A tocha com haste vermelha, enchuriada a esquerda, com chama amarela, contornada de vermelho, bem como o livro, vermelho, onde se lê "Instrução", simbolizam a cultura do povo e seu esforço para aprimorar em conhecimentos. A cor vermelha do livro e da tocha representa, ainda, que Pouso Alegre e uma cidade mineira, pois o vermelho e a cor oficial do triângulo da Bandeira do Estado de Minas Gerais. A folha branca, envolvendo a haste da tocha, com os dizeres "Pregoeiro Constitucional" em primeira linha e "1830" em segunda, é uma homenagem aos antepassados e a esse primeiro órgãos publicitário pouso alegrense. A Cruz sobre o "Pregoeiro Constitucional", significa a fé em São Bom Jesus, que sempre haverá de presidir a todos os esforços e empreendimentos iniciais. O luar, em quarto crescente, representa o progresso ascensional do Município; as estrelas, iguais em tamanho, lembram os três Poderes Constituídos: A Executivo, Legislativo e Judiciário, autônomos, mas harmônicos entre si. As espigas de arroz do lado direito e de milho do lado esquerdo, significam nossas maiores produções agrícolas. O dístico: "A Liberdade e a Lei", em azul, na faixa branca, simboliza a "vocação democrática" do povo pouso-alegrense, livre, no reconhecimento de seus direitos e também, de suas obrigações, sob a sombra da legalidade." (Lei nº 1.253/1973)




Publicado em: 23 de novembro de 2018

Publicado por: Museu

Cadastre-se e receba notícias em seu email

Categoria: Notícias do Museu

Fique por dentro

Outras Notícias

Museu Tuany Toledo é contemplado pelo Prêmio Darcy Ribeiro

04 de junho de 2019

O Museu Tuany Toledo foi contemplado pelo Prêmio Darcy Ribeiro, edição 2015, promovido pelo Instituto Brasileiro de Museus (IBRAM). O Museu havia...

Leia Mais

Semana de Museus enfatiza o papel dos museus como núcleos culturais

23 de maio de 2019

Músicas e pratos regionais, danças típicas, artesanatos repletos de cores e personalidade. As diversas manifestações culturais e artísticas nos con...

Leia Mais

Semana dos Museus reúne diversas atividades

14 de maio de 2019

Na tarde desta segunda-feira, 13 de maio, teve início a 17ª Semana de Museus. A abertura da semana ocorreu com a Roda de Conversa Encontro de Ger...

Leia Mais

Museu realiza exposição no Centro Cultural em maio e junho

11 de abril de 2019

Em maio e junho de 2019, o Museu Tuany Toledo, em pareceria com a Superintendência Municipal de Cultura, realiza a exposição "Espaços da memória: t...

Leia Mais

Museu Tuany Toledo irá realizar a 17ª Semana de Museus

15 de março de 2019

De 13 a 19 de maio de 2019, o Museu Tuany Toledo irá realizar a 17ª edição da Semana Nacional de Museus. A Semana de Museus acontece anualmente pa...

Leia Mais

Museu bate recorde de público em 2018

29 de janeiro de 2019

Durante o ano de 2018, o Museu Tuany Toledo recebeu 8.866 visitantes, número superior ao total de visitas obtidas em 2015, que foi de 8.476, consid...

Leia Mais